Brasil Mais Produtivo

Brasil Mais Produtivo

Conheça mais

O programa, coordenado pelo Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços (MDIC) e executado pelo SENAI, vai atender, ao longo de 2018 e 2019, 600 indústrias de pequeno e médio porte em todo o país, com o objetivo de aumentar em, pelo menos, 20% a produtividade das empresas participantes.

O Brasil Mais Produtivo prevê modificações rápidas e de baixo custo nas empresas para alcançar ganhos expressivos de produtividade por meio de técnicas de manufatura enxuta. O conceito de manufatura enxuta baseia-se na redução de sete tipos de desperdícios (superprodução, tempo de espera, transporte, excesso de processamento, inventário, movimento e defeitos). 

Podem participar do Brasil Mais Produtivo as indústrias manufatureiras de pequeno e médio porte, que tenham entre 11 e 200 empregados e, preferencialmente, que estejam inseridas em Arranjos Produtivos Locais (APL). Nesta fase do Programa, os setores elegíveis são: Alimentos e bebidas, Metalmecânica, Moveleiro, Vestuário e Calçados. O Programa oferta 120 horas de consultoria com 83% de subsídio: são R$ 18 mil por atendimento, sendo R$ 15 mil subsidiado pelo B+P e 3 R$ mil de contrapartida da empresa.

COMO PARTICIPAR - As empresas interessadas devem entrar na página do Brasil Mais Produtivo e completar o cadastro. Com base nas informações, o SENAI entrará em contato com as empresas inscritas. As indústrias paraenses que desejam participar também podem entrar em contato pelos telefones (91) 4009- 4308/4311/4312/4770.

SENAI - Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial
X