Notícias

Área de suprimentos das grandes indústrias conta com a forte presença feminina

Área de suprimentos das grandes indústrias conta com a forte presença feminina

Área de suprimentos das grandes indústrias conta com a forte presença feminina

A presença feminina no mercado de trabalho representa hoje mais da metade da população em idade para trabalhar (52,3%), segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Atualmente, nas grandes indústrias parceiras da REDES que atuam no Pará, é possível perceber a forte atuação delas, principalmente no ambiente da área de suprimentos. 

Para a diretora da Gestor Consultoria, Nara d´Oliveira, a absorção de profissionais mulheres no mundo corporativo aconteceu de forma importante nos últimos anos. “O que foi uma necessidade no final da segunda guerra, hoje é um requisito; em todas as áreas as mulheres se firmaram pelo perfil versátil, flexível, multitarefa”, destaca. 

“A área de suprimentos é composta por processos com muitas etapas, detalhes, com enfoque em análise e construção de relacionamentos”, explica a executiva. Para Nara, as competências que precisam ser desenvolvidas na área de suprimentos são muito aderentes ao perfil feminino.

Segundo o executivo de gestão da REDES, Marcel Souza, essa área é hoje uma das principais atividades das grandes indústrias, pois é constituída de múltiplos processos fundamentais para o funcionamento de toda a cadeia produtiva das indústrias, desde o desenvolvimento de fornecedores, até o planejamento, as análises e as negociações. “Através do trabalho desenvolvido pela REDES em conjunto com os grandes projetos industriais, temos percebido o crescimento significativo do número de mulheres atuando neste ambiente, que antes era dominado pelos homens. Elas são destaque não só em números, mas em eventos promovidos por nós, e em algumas premiações”, aponta.

“Toda indústria espera que os processos referentes ao ambiente de suprimentos sejam desempenhados com excelência, e as mulheres que atuam nessa área realizam isso com muita competência”, destaca Marcel.

Executiva corporativa da área de Suprimentos do Grupo Equatorial Energia, Adenilde Queiroz conta que de um total de 14 colaboradores em sua equipe, onze são mulheres, distribuídas nos quatro Estados em que a empresa atua. Ela acredita que a participação significativa de mulheres na área de suprimentos pode estar atrelada à dedicação e aos cuidados que possuem durante cada processo realizado. “Devido a nossa grande capacidade de concentração e de realizarmos múltiplas tarefas, conseguimos pormenorizar de forma minuciosa cada análise realizada, e isso agrega de forma assertiva ao nosso negócio”, afirma a executiva.

Raynner Caldeira Leite, gerente de Suprimentos do Grupo Aço Cearense (SINOBRAS), também destaca a forte presença feminina em diversos postos de trabalho, como no setor público, empresarial, científico, militar, entre outros. Ele conta que mais de 60% do quadro de colaboradores da Gerência de Suprimentos do Grupo Aço Cearense é composto por mulheres. “Competentes e qualificadas mulheres, que desempenham atividades de importação, compras sob desenho, cadastro e até coordenação da área”, destaca Leite.

“‘Sexo frágil’ é um jargão antigo e que deve ser extinto em todos os âmbitos, e nós da SINOBRAS já o fizemos e temos muito orgulho do quão benéfico foi tê-lo feito. Parabenizo todas as mulheres da minha equipe pela brilhante atuação nas empresas do Grupo e todas as mulheres guerreiras e batalhadoras, que com muitas atitudes inspiradoras nos ensinam, educam e fazem do nosso mundo um lugar melhor para se viver”, conclui Caldeira.

 

Compartilhar:
LOCALIZAÇÃO
Tv. Quintino Bocaiúva, 1588 - Nazaré -
66035-190 - Belém/PA
CONTATOS
(91) 4009-4770
contato@senaipa.org.br
SIGA O SENAI